Exame de ultrassom faz mal ao bebê?

O exame de ultrassom (exame de ultrassonografia ou ecografia) consiste em um exame não-invasivo que produz imagens do bebê, das estruturas, e outros órgãos através de ondas de som. Permite acompanhar como está se desenvolvendo o bebê, batimentos cardíacos, suas estruturas e detecta possíveis problemas no desenvolvimento.

Segundo o site Babycenter, estudos realizados nos últimos 35 anos indicaram que o exame de ultrassom não é prejudicial ao bebê, pois não utiliza radiação (como o raio X), e as ondas utilizadas não são audíveis ao ouvido humano, não são detectadas pelo bebê.

É indicado porém que não exagere na quantidade de exame feitas, principalmente no primeiro trimestre, pois ultrassons são uma forma de energia e pode afetar o bebê (de uma forma que os estudos não conseguiram detectar). Normalmente são realizados exames no início da gravidez, perto da 13ª semana, na 20ª semana e entre a 34ª e 37ª semana, mas não há uma regra estabelecida.

O importante é saber que o exame ser realizado sem problemas, mas não a toda hora, somente por curiosidade de ver o bebê. Sempre que seu médico indicar o exame de ultrassonografia ou ultrassom pode ser realizado sem medo.